POR

Por que visitar o Rio?

23/08/2019
Museu do Amanhã / Alexandre Macieira, Riotur

Por que você, arquiteto, deve visitar o Rio de Janeiro em 2020? Fugindo do lugar comum das belezas naturais e da vida cultural, a cidade coleciona em seus quase 500 anos preciosidades arquitetônicas únicas, seja por seu estilo ou por sua relevância histórica. Não foi sem motivo que a cidade foi escolhida para sediar o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, o UIA 2020 RIO, e para ser a primeira a receber o título de Capital Mundial da Arquitetura pela UNESCO.

Nascido em plena luta para expulsar os franceses da Baía da Guanabara, o Rio exibe sua herança militar do período colonial em fortalezas, como o Forte Duque de Caixas (1776) ou a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição, erguida em 1711 sobre as fundações de uma fortificação francesa. Outro exemplo da arquitetura colonial é o Paço Imperial, concluído em 1743 e até hoje uma das mais belas construções do Centro. Destaca-se, porém, o Aqueduto da Carioca ou Arcos da Lapa, a mais impactante construção do período colonial, que foi concebida para abastecer a cidade com água potável vinda do maciço da Tijuca.

Centro Cultural Paço Imperial / Alexandre Macieira, Riotur
Arcos da Lapa / Alexandre Macieira, Riotur

Considerado pela UNESCO Patrimônio Histórico da Humanidade, o Cais do Valongo (1811) é importante vestígio material da chegada de africanos escravizados às Américas.

Cais do Valongo / Alexandre Macieira, Riotur

Palácios, prédios públicos e o parque do Jardim Botânico marcam a exuberância do Reino Unido e do Império, enquanto a profunda reforma urbana produzida pelo prefeito Pereira Passos (1902-1906) mostram uma cidade se reinventando como metrópole para um novo século.

E a cidade jamais parou de se reinventar. Nas linhas sinuosas do Conjunto do Pedregulho (1947), de Affonso Eduardo Reidy, nas retas do Palácio Gustavo Capanema (1943), criado por comitê de jovens arquitetos e consultoria de Le Corbusier, no Parque do Flamengo, de Reidy e do paisagista Burle Marx.

Parque do Flamengo / Alexandre Macieira, Riotur

Com intervenções urbanas recentes, como o Rio-Cidade, o Favela-Bairro e a revitalização da Zona Portuária, o Rio se mantém uma cidade de muitos estilos e profundos contrastes. O tema das favelas e dos bairros populares é um desafio fundamental a ser compreendido e enfrentado para a redução das desigualdades intra-urbanas e para dar possibilidade da cidade se desenvolver plenamente. Sendo tema não apenas do Rio, mas de muitas cidades brasileiras e do mundo, será objeto de ampla reflexão e de propostas para o seu encaminhamento, em 2020.

UIA2020RIO

Centenas de arquitetos, urbanistas e demais interessados da sociedade civil já garantiram presença no evento, que transformará o Rio no epicentro do debate sobre o futuro das cidades do mundo.

Se você ainda não se inscreveu, vá ao site oficial e aproveite o desconto no primeiro lote.

É a quarta vez que o Congresso Mundial de Arquitetos, que é trienal, acontece na América Latina, sendo a primeira no Brasil. Em 1963, Havana foi a sede; em 1968, Buenos Aires e, em 1978, a Cidade do México. Para sediar o evento em 2020, o Rio de Janeiro competiu com Paris e Melbourne.

O UIA2020RIO, que tem como tema "Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21", é promovido pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e conta com a organização do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), convidando especialistas e entusiastas de cidades mais dinâmicas e justas a debater soluções entre os dias 19 e 23 de julho de 2020. Antes, nos dias 17 e 18, o Rio também será pano de fundo do Fórum Mundial de Cidades UNESCO-UIA, que reunirá prefeitos de ex-sedes e lideranças políticas, empresariais, culturais e da sociedade.

Rio Capital Mundial da Arquitetura

O Rio de Janeiro é a primeira Capital Mundial da Arquitetura, título inédito concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA). Ao longo de todo o ano de 2020, a cidade sediará uma série de eventos entre eles o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, o Fórum Mundial de Cidades, exposições e concursos públicos. Além de mostrar para o mundo a riqueza arquitetônica do Rio, esta titulação é também uma oportunidade de reflexão sobre o futuro, de planejar o que se quer para as cidades de todo o mundo.



Realização

Promoção

Parceiros Institucionais

Apoio Institucional

Parceiro em Artigos & Projetos

Agência de Viagens

Expo

Produção

Secretaria Executiva