POR

Adriano Mascarenhas traz arquitetura baiana para o UIA2020RIO

28/11/2019
Requalificação Urbana da Colina Sagrada do Bonfim / Foto: Leonardo Finotti

A Bahia estará bem representada no 27º Congresso Mundial de Arquitetos – UIA2020RIO, o maior evento mundial das áreas da arquitetura e do urbanismo, que ocorrerá em julho do próximo ano no Rio de Janeiro. Sócio-diretor do escritório Sotero Arquitetos, o baiano Adriano Mascarenhas confirmou sua participação como palestrante no evento.

Divulgação UIA2020RIO

Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia, onde também já lecionou, Adriano Mascarenhas é um nome reconhecido no estado pelas grandes contribuições dadas às paisagens urbanas. Na capital Salvador, ele assina projetos emblemáticos como as requalificações da ladeira do Curuzu, do Caminho da Fé e da Colina Sagrada do Senhor do Bonfim, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Esse último projeto foi concluído este ano e tem sido considerado uma intervenção primorosa.

– Conseguimos organizar o tráfego, reduzir a presença de veículos no entorno da igreja e priorizar o pedestre. Além disso, favorecemos novos usos, como missas campais, e reafirmamos a identidade do local, com aspectos simbólicos do sincretismo religioso – diz o arquiteto.

Requalificação Urbana da Colina Sagrada do Bonfim / Foto: Leonardo Finotti
Requalificação Urbana da Colina Sagrada do Bonfim / Foto: Leonardo Finotti

Antes dessas intervenções urbanas, Mascarenhas já havia se destacado com o premiado projeto do Tecnocentro, a sede do governo do Estado no Parque Tecnológico da Bahia, que é um prédio sustentável, com aproveitamento de água e energia solar. O projeto foi premiado pelo IAB-BA em 2013, recebeu menção honrosa da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (Asbea) e ficou entre os finalistas do prêmio “O Melhor da Arquitetura 2012”, da revista Arquitetura e Construção.

Outro trabalho renomado é o da Casa do Bomba, encravada no Parque Nacional da Chapada da Diamantina, na Bahia.

– Foi feita em concreto aparente e tem uma visão panorâmica do Vale do Capão. O Morro Branco completa a paisagem – conta o autor.

A Casa do Bomba conquistou o prêmio “O Melhor da Arquitetura 2015”, na categoria Casa de Campo, e o Prêmio Asbea 2014, na categoria Residências, modalidade Obras Concluídas. Foi também destacada em várias revistas, entre elas a IW Magazine, de Taiwan.

– O tema da casa costuma ser o primeiro contato de um arquiteto com a profissão, do ponto de vista da execução. Para mim, é um tema recorrente, ao qual eu me volto, entre outros projetos de maior escala: grandes edifícios ou projetos urbanísticos – diz Adriano.

Tecnocentro / Foto: Leonardo Finotti
Casa do Bomba / Foto: Leonardo Finotti

No 27º Congresso Mundial de Arquitetos, ele promete abordar suas experiências no Brasil e no exterior e discutir tendências globais para os próximos anos.

UIA2020RIO

Com o tema “Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21” e expectativa de público de 20 mil profissionais da área, o 27º Congresso Mundial de Arquitetos vai transformar o Rio no epicentro do debate sobre o futuro das cidades do mundo. Promovido pela União Internacional de Arquitetos (UIA) e com a organização do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), o evento convida especialistas e entusiastas de cidades mais dinâmicas, justas e sustentáveis a debater soluções entre os dias 19 e 23 de julho de 2020. O Congresso conta ainda com eventos preparatórios e paralelos, como exposições, seminários e workshops, que acontecem por todo o país.

Garanta já sua presença no site oficial.

RIO CAPITAL MUNDIAL DA ARQUITETURA

O Rio de Janeiro é a primeira Capital Mundial da Arquitetura, título inédito conquistado pela Prefeitura do Rio e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA). Ao longo de todo o ano de 2020, a cidade sediará uma série de eventos, entre eles o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, o Fórum Mundial de Cidades, exposições e concursos públicos. Além de mostrar para o mundo a riqueza arquitetônica do Rio, esta titulação é também uma oportunidade de reflexão sobre o futuro, de planejar o que se quer para as cidades de todo o mundo.



Realização

Promoção

Parceiros Institucionais

Apoio Institucional

Parceiro em Artigos & Projetos

Agência de Viagens

Expo

Produção

Secretaria Executiva