O IAB realizou, na sexta-feira, 3 de junho, a 4ª Reunião do Conselho de Instituições de Arquitetura e Urbanismo – CIAU 2020 RIO. O encontro, na sede do IAB-RJ, teve como objetivo apresentar a proposta preliminar da organização do 27º Congresso Mundial da União Internacional dos Arquitetos – UIA 2020 RIO. A ideia é que o evento aconteça em diversas instalações no Centro do Rio. A reunião contou com as presenças dos presidentes do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP), Rui Leão, da Ordem dos Arquitetos de Portugal, João Santa-Rita, do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, da ABEA, Andréa Vilella, da AsBEA, Miriam Addor, do CAU/RJ, Jerônimo de Moraes, do IAB, Sérgio Magalhães, e do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira.

Participaram também do encontro a presidente do IAB-MG, Rose Guedes, o presidente do IAB-SP, José Armênio de Brito Cruz, o presidente do IAB-RS, Tiago Holzmann, o presidente do IAB-AM, Claudemir José Andrade, além dos arquitetos Luiz Fernando Janot, Norma Taulois, Fabiana Izaga, Cêça Guimaraens, Gilson Paranhos e Nadia Somekh.

Pelas informações colhidas pelo presidente do IAB, Sérgio Magalhães, quando se fala em Congresso Mundial de Arquitetos, o evento que surge como referência é o de Barcelona (1996), cujas atividades conseguiu ocupar toda a cidade. “O desenho que estamos propondo é semelhante ao da cidade espanhola. Com a conclusão das obras no Centro do Rio de Janeiro, implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e as infraestruturas já instaladas, os congressistas poderão vivenciar a cidade através de um sistema bastante flexível”, afirmou.

A proposta, espacializada no Centro do Rio, foi apresentada pelo vice-presidente do IAB-RJ Rubens Biotto e parabenizada pelo representante do IAB na UIA Roberto Simon. “Com certeza, vamos conseguir mostrar ao mundo desenhos diversos de urbanidade. O insucesso dos congressos mundiais que participei se justifica por terem se concentrado em lugares afastados dos centros consolidados”, explicou Simon. O arquiteto espera detalhar mais a proposta e apresentar, em setembro, na próxima reunião do conselho da UIA.

A presidente da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), Nina Vaisman, também gostou da proposta apresentada pelo IAB. “Estou sem palavras para elogiar o trabalho que estão fazendo. Chamaria a ação de Operação Urbana UIA 2020. A convivência no entorno do circuito traçado para o UIA 2020 RIO será outra após o evento. A região e as riquezas dentro daquele espaço passarão a ser do conhecimento de todos”, destacou a arquiteta. Nina aproveitou a reunião para convidar o IAB a apresentar o UIA 2020 RIO no 4º Congresso Internacional da Abap, que será realizado de 8 a 10 de setembro, em São Paulo.

Para a presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (Anparq), Angélica Alvim, o 27º Congresso Mundial da UIA será um evento para arquitetos e urbanistas entenderem a cidade. Angélica lembrou também que o presidente do IAB apresentará o evento IV Enanparq, no dia 29 de julho, em Porto Alegre.

Na opinião de João Santa-Rita, o UIA 2020 RIO servirá de contraponto ao Congresso de Seul, que será realizado em 2017. “Em maio, estive numa reunião da UIA onde os colegas sul-coreanos apresentaram os planos para o próximo congresso da entidade. Enquanto o IAB planeja ocupar a região central do Rio, os colegas asiáticos apostam num espaço super concentrado. De qualquer forma, imagino que o evento brasileiro proporcionará novos modos de se olhar a cidade”, explicou Santa-Rita.

No encontro, Nivaldo Andrade defendeu a necessidade de se discutir a ressignificação do arquiteto e da arquitetura frente aos desafios da cidade contemporânea. O arquiteto é, junto com as colegas Margareth Pereira e Elisabete França, relator do UIA 2020 RIO. “Por enquanto, tudo está em aberto. Através do detalhamento do tema – Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21 – propomos quatro eixos temáticos e subtemas, são eles: fragilidades e desigualdades; transitoriedades e fluxos; mudanças e emergências; diversidade e multiculturalismo. A reunião do CIAU é importante para colher a opinião dos colegas e, depois, colocar em discussão entre os relatores”, disse Andrade.

O 27º Congresso Mundial de Arquitetura será o maior evento do Rio de Janeiro após as Olimpíadas. A expectativa é que o evento atraia cerca de 15 mil arquitetos de todo o mundo a capital carioca. O UIA 2020 RIO tem o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ), do Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA).

 
 
Comitê Organizador do
UIA2020RIO
27° Congresso Mundial de Arquitetos
Institutos dos Arquitetos do Brasil
Endereço: Rua do Pinheiro, 10 - Flamengo
Rio de Janeiro, Brazil
info@uia2020rio.archi
Tel.: +55-21-2557-4192
Instituto dos Arquitetos do BrasilInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de JaneiroInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de JaneiroInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de JaneiroInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de Janeiro
Conselho de Arquitetura e Urbanismo do BrasilConselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de JaneiroFederação Nacional dos Arquitetos e UrbanistasInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de JaneiroInstituto dos Arquitetos do Brasil - Rio de JaneiroFederação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas